Voltar

Anchieta comemora 458 anos de fundação

  • Por:
  • Em: 12/08/2019
  • Categoria: Anchieta
  • Imagens: Photo Life


Repleta de história e cultura, Anchieta é uma das cidades mais antigas do Espírito Santo e do Brasil. No próximo dia 15 de agosto, o município completa 458 anos de fundação, sendo o dia dedicado à Nossa Senhora da Assunção que posteriormente é declarada como padroeira da cidade.

Sabe-se que inicialmente a localidade era uma aldeia de indígenas que foi catequizada pelos jesuítas que vieram ao Brasil nos anos de 1500. Entre eles destaca-se o trabalho do padre espanhol José de Anchieta, que dedicou a sua vida aos povos indígenas até o dia da sua morte, dia 09 de junho de 1597.

O primeiro povoado que se formou na região, por volta do ano de 1565, foi chamado de Rerigtiba, que, na língua Tupi, significa “lugar de muitas ostras”, devido à abundância de ostras que servia de alimento. Décadas mais tarde, no dia 01 de janeiro de 1759, a então aldeia tornou-se vila e recebeu o nome de Benevente, o mesmo nome dado ao rio que deságua na localidade. Em agosto de 1887, a vila foi então elevada para cidade, recebendo o nome de Anchieta, em homenagem a quem teria sido o fundador da cidade nome que foi ratificado pela lei estadual 1307 de 30 de dezembro de 1921.

Com uma população originalmente indígena, a cultura da cidade é rica também por influências dos povos italianos, portugueses e africanos que um dia residiram em Anchieta. Festas italianas, quilombolas e religiosas marcam a programação cultural da região.

Ainda hoje Anchieta é possível contemplar a vasta herança histórica nas ruas da cidade, com construções que datam do século passado como, casarões feitos para os primeiros imigrantes que chegaram ao Brasil, poços centenários, estradas, portos e ruínas de antigas construções. Grande parte destes monumentos se encontram no centro da cidade, como a tradicional escola para meninas, pertencente à ordem religiosa Carmelitas, o antigo Hotel Anchieta e o Santuário e Museu Nacional de São José de Anchieta.

Não há mídias a serem exibidas.

Topo